7 de abril de 2008

Liquefazer



SE CHOVE

a vida é líquida
bebida teor mil
secreções na cama
frases cuspidas entre fluidos
feliz, a vida é água
amanhã, a vida é sangue de dentro
sometimes, sangue de fora
calotas polares quando vai embora
capilaridade sensual
tesão em gotas e bolhas daquele
a vida é líquida
chope gelado pra desprezar
que a vida é líquida
até o ponto do congelamento
o afeto desatento
a fase da matéria do nosso final.


(Poema de Cecília Borges e foto de Monica Ramalho)

5 comentários:

Val Becker disse...

Este poema é o próprio 'tesão em gotas'. Em dia de chuva, nada melhor. Lindo, Cecília!

Um beijo pra você e outro pra amada pela linda foto!
:))

paul constantinides disse...

o poema eh bonito.
a foto adoravel.

estou gostando da da cor laranja deste vestido.

blz
paul

paul constantinides disse...

ah
desejoso de um dia trocar bolachas com a senhora..risos
sinceramente..bolachas americanas por brazucas maneiras..via file, via mail, anyways....

contate-me se quizeres...
paulphoto@live.com

abs

Claudia disse...

"Chope gelado pra desprezar" é muito bom.
Dá-lhe, Cecília!

Cecília Borges disse...

Ah, que bom ver as palavras escorrendo por outras bandas.
Beijo com muito carinho!