6 de outubro de 2008

Perdi a amiga para o cigarro

Eu sei que quem vem a este blog sabe que vai esbarrar com idéias sobre música, vinho, literatura e outros prazeres, como cinema ou uma boa história. Esta noite, porém, há um pesar. Perdi uma amiga para o tabaco.

Juliana era gaúcha e havia acabado de completar 35 anos. Era mãe da Dâmaris e estava casada com a Bruna. Segurou as pontas até onde pôde. Foram cinco ou seis meses de luta contra um câncer no pulmão, resultado de muito cigarro - três maços por dia, segundo comentários no velório.

Peço licença à família Niehues para usar essas fotos, colhidas como rosas do Orkut da querida Ju. Ainda estou assustada porque não sabia que ela estava doente. Assustada e triste.
Ei, você, apaga esse cigarro, vai...


* Fotos de Priscila Jammal *

5 comentários:

Claudia Holanda disse...

Eu também, Moniquinha, tô pasma até agora com essa história da Ju.
Muito brabo, muito brabo.
Ontem rezei por ela. É só o que resta fazer...

monica disse...

tô passada, claudinha. acordei melhor, mas fui dormir tão triste... ela sempre foi muito fofa com a gente, né? :*

Val Becker disse...

Terrível mesmo o destino da Ju! Maldito cigarro!

Posso dizer, com muito orgulho, que dei a última tragada há 2 anos! Depois de 20 de vício. Na verdade, o vício ainda existe, o hábito é que cortei... e sei que tenho que conviver com o fato de não poder dar uma tragada sequer, se não..... já era o esforço.

Olha que sinistro o cigarro! Você nem percebe, quando vê está viciado e tem que conviver com isso pra sempre, independente de fumar!

E o pior: esse cara é tão traiçoeiro que mata não só quem fuma. Existe um grande número de pessoas que morrem em decorrência de doenças causadas pelo tabagismo sem nunca ter colocado um cigarrinho sequer na boca. São os infelizes fumantes passivos.
Por isso, faço das palavras da amada as minhas:

- Ei, você, apaga esse cigarro, vai...

:((((

PAUL CONSTANTINIDES disse...

monica
na manha q vc postou este historia ai da Juliana, eu cheguei em casa e estava pensando numa mulher q eu vi sentanda na varanda de sua casa fumando um cigarro com tanto prazer...e me disse : - poxa, fazem 5 anos q nao fumo!! mas olhando esta mulher, da vontade de puxar uma cadeira e sentar-se ao lado dela e pedir um cigarro....
mas passou a vontade, mais ainda, depois de ler o seu post...
fazer o q neh?

abs
paul

Dâmaris Niehues disse...

Tanta saudade da minha Rainha. Que ela esteja em paz, ao lado do senhor.