4 de novembro de 2008

Tão

É que já estás tão dentro de mim
que me falta o ar quando despedimos
Já estás tão dentro
que me falta
quando

No tempo levo
e já não esqueço
estás e ficas
aqui e lá
que já não perco

É que já estás tão dentro de mim
que só te vejo!

* Poema de Val Becker *

3 comentários:

buliversando disse...

Ai o amor...

Eu fico tão feliz quando vejo casais apaixonados, mesmo com um tempo de relacionamento ainda se amando e mantendo a paixão e cuidando da manutenção do amor.
Fico feliz pois pessoas felizes fazem um mundo bem melhor, mas também são como uma prova de que é possível, amar e ser correspondido, amar e ser feliz dentro de uma relação, conviver e manter a paixão, enfins.

Lindo o poema.

Beijos.

monica disse...

é possível :)
beijocas, gabi!

Anônimo disse...

Lindo lindo!

Quando essa moça vai publicar um livro??

beijos. Marina