10 de junho de 2008

Carol Saboya reúne inéditas de Mário Sève



Nasce mais uma ensolarada parceria na Música Popular Brasileira! Em 26 de junho, às 21h30, Carol Saboya e Mário Sève se apresentarão juntos pela primeira vez. A cantora subirá ao palco do Mistura Fina (Rua Rainha Elizabeth, 769, em Ipanema) para interpretar a obra do compositor, que tocará sax e flauta no espetáculo. Acompanhados por Gabriel Gezsti no piano e no acordeão, Dôdo Ferreira no baixo e Cassius Teperson na bateria, os dois passearão por um repertório inédito, dos mais variados gêneros brasileiros, como o samba 'Águas passadas' (co-assinada por Chico César), a capoeira 'Arraia miúda', o maracatu 'Feito à mão', o choro 'Finais possíveis' (as três com letra de Mauro Aguiar) e a marcha 'Um segredo' (de Sève e Guile Wisnik).

Na praça carioca, ele é (re) conhecido como saxofonista e flautista de Paulinho da Viola e dos quintetos Nó em Pingo D´Água e Aquarela Carioca (dos quais também é fundador) e, mais recentemente, como diretor artístico do Centro Municipal de Referência da Música Carioca. Em cidades como Minas Gerais e São Paulo, o nome de Mário Sève circula por outro ofício: o de compositor. Parceiro dos novos Guile Wisnik, Suely Mesquita e Makely Ka, e dos veteranos Paulinho da Viola, Sergio Natureza, Chico César e Pedro Luís, entre alguns outros, Sève já contabiliza uma obra de cerca de 60 músicas dos mais variados gêneros.

O rumo deste enredo seria outro sem a entrada de Carol Saboya em cena. Cantora de gosto refinado e interpretação leve e precisa, a filha de Antonio Adolfo se apaixonou de verdade pelo cancioneiro de Mário Sève no show de lançamento do elogiado álbum autoral 'Casa de todo mundo', em 2007. "Saí do show feliz da vida, com as minhas filhas cantarolando as músicas no carro. Que coisa boa! Fiquei apaixonada pelo repertório e bateu a maior vontade de reunir todas aquelas composições num disco", resume Carol - que, a convite de Mário, participou deste espetáculo cantando 'Imaginária' (letrada por Suely Mesquita).

'Imaginária' foi interpretada pela própria Carol no Festival da Música Brasileira (TV Globo), em 2000. Foi nos bastidores do evento, realizado em São Paulo, onde Mário Sève conheceu e iniciou uma criativa parceria com Guile Wisnik, gerando participações no Festival da Cultura e no Prêmio Visa - Compositores. Após 15 anos de carreira como músico, Sève revela que tem gostado tanto de ouvir outros artistas interpretarem suas músicas, quanto de tocar. "Me inspiro muito no período que convivi com a parceria de Cacaso e Nelson Ângelo", diz Sève. Para Carol, o passar dos anos foi um grande aliado musical: "O tempo me ajudou a interpretar mais as letras. E hoje consigo juntar a sofisticação com o sentido da letra", resume a cantora.

Faz quase seis meses que a dupla está trabalhando com afinco na escolha do repertório que vai render este primeiro show e, ainda este ano, um álbum (as gravações já começaram e até agora, sairá de forma independente). "Estamos com a mão totalmente na massa: Ouvindo tudo, apurando o que fica bom na voz da Carol e eu sigo compondo novas, entusiasmado pelo interesse dela pelas minhas músicas", conta Sève. "O show no Mistura Fina vai ser ótimo para experimentar a reação do público", anima-se Carol, avisando que haverá surpresas instrumentais para os admiradores dos sopros de Mário Sève.

(Foto: Claudia Elias)

3 comentários:

PAUL CONSTANTINIDES disse...

beleza, a Carol eh uma cantora finissima..a foto eh sua monica?
abs
paul

monica disse...

e as canções do mário ficam lindas na voz da carol. a foto é da claudia elias. ela fez um ensaio super bacana com a dupla. o texto é meu porque estou divulgando o show, junto com a lu sabóia, irmã da carol.

um beijo!

PAUL CONSTANTINIDES disse...

beleza monica.
conheci a Lu qdo esteve aqui uns meses atras e a Carol tbm.
manda ver menina.
bjs